Você conhece os Contratos de suporte e manutenção disponíveis no mercado? O setor de TI está cada vez mais atuante dentro de uma empresa. Afinal, as organizações estão exigindo um processo de gestão mais ágil e inteligente, o qual o sistema de informações é essencial para o desenvolvimento das mesmas.  Certamente você sabe que TI é o melhor caminho para deixar os negócios mais estáveis, organizados e eficientes para atuar com sucesso no sistema empresarial.

 

Conheça e entenda melhor as opções de contratos disponíveis como oferta de mercado.

 

  • Help Desk

O Help Desk é um termo em Inglês que significa literalmente “balcão de ajuda” que se refere a um serviço de atendimento aos clientes em busca de resoluções de problemas de baixa complexidade, como, por exemplo, usuários com dúvidas em sistemas, aplicativos, processos e dificuldade em configurar arquivos e terminais. Também recebe o nome de “Nivel 1’’ de atendimento.

O cliente pode abrir um chamado por telefone ou e-mail, este por sua vez, é registrado e resolvido pelo analista de Help desk.

 

  • Service Desk

 

Também conhecido pelo nome de “Nível 2” de atendimento, atende casos mais complexos que o Help Desk. Envolvem maior tempo para resolver a ocorrência e até mesmo maior especialidade dos analistas e são responsáveis pelo funcionamento técnico das operações. Erros em Sistemas, problemas de Servidores com paradas repentinas, gerenciamento de permissões são alguns exemplos de problemas resolvidos pelo analista Service Desk.

 

  • Field Service

 

São os denominados trabalhadores de campo, pois é a equipe responsável em resolver presencialmente os problemas relatados pelos clientes.

Os colaboradores de Field Service têm a responsabilidade de assegurar que o cliente fique satisfeito com o serviço por estarem na linha de frente na resolução de problemas ocorridos.

 

  • Contrato de suporte

 

A empresa contratada fica responsável por soluções on-demand e prevenções de problemas na área de TI do contratante. Com uma equipe de profissionais sempre à disposição, se responsabiliza pela solução imediata do problema, evitando que funcionários percam o dia de trabalho. Panes no computador, e-mails, vírus, infraestrutura são exemplos desses problemas.

 

  • Outsourcing

 

Um erro muito comum quando nos referimos a outsourcing é defini-lo como terceirização.

Por terceirização entendem-se atividades rotineiras simples, que embora sejam essenciais para o funcionamento da empresa, fogem do Core Business (núcleo do negócio). Temos como exemplo serviços de limpeza, portaria e transporte.

Já o outsourcing é a terceirização de áreas estratégicas (Core Business) da empresa, como a área de TI, por exemplo. É contratada uma empresa de fora, especialista na área que a contratante não tenha o domínio de conhecimento podendo incluir rotinas como manutenção de sistemas, processos de migração e suporte ao usuário final, entre outros.

Isso potencializa os resultados, diminui gastos com treinamentos de funcionários, pode focar melhor no cliente e diminui riscos de falhas, já que são especialistas na área contratada.

Mas, atualmente, a oferta de outsourcing que tem se tornado tendência é aquela que reúne em um único fornecedor as opções de hardware, software e serviços, o chamado full outsourcing. Ao optar por essa modalidade as empresas estão atendidas de todas as suas necessidades em infraestrutura de TI, desde servidores físicos e virtuais, mobilidade, segurança da informação, comunicação unificada, até data centers, desktops, dispositivos móveis, etc…

 

Quer saber mais sobre o assunto? Aguarde as próximas postagens em nosso blog e entenda mais sobre cada contrato.

 

A Tecnocopa realiza contratos de suporte e Outsourcing de TI. Acesse nossa página e entre em contato com nossos consultores.

 



Share This
WhatsApp chat Chame no WhatsApp